DIÁRIO DE INVERNO

Apesar de existirem diversos modos para que uma pessoa descreva a si mesma, todos parecem tentativas destinadas à falha. É virtualmente impossível alguém dizer, diretamente e com suficiência, quem é. Mesmo que a intuição aponte para o contrário. Autobiografias e livros de memórias tendem à ficção sem que o pretendam. Em “Diário de Inverno” Paul Auster (Newark, EUA, 1947) mostra talento para falar de aspectos de sua vida. Usa a segunda pessoa. Parece dirigir-se a si, antes de outros. Recurso instigante. Sem construir uma narrativa linear, permite que o leitor entreveja o homem que ele é. Trata-se de uma coletânea de lembranças. E elas são críveis. Poderiam compor a história de muitos de nós. Usam fatos e referências sólidas para criarem um esboço sobre os afetos que dão estrutura ao autor, em sua dimensão pessoal. Auster busca alguma materialidade para ancorar suas impressões sobre o que viveu, o que crê ter sentido no passado e, especialmente, o que sente no presente em que escreve sobre eventos e pessoas. Atrela-se ao próprio corpo, veículo de seu existir, aos endereços em que residiu, lugares onde esteve, e sucedâneos. É frágil, é comum. Não subtrai informações que evidenciam isto. É também forte e raro, inclusive por isto. Assim, pode falar mais e melhor, mesmo quando não espera ter compreendido a si mesmo e ao mundo na extensão do seu projeto para isto. Define o momento em que se revela como o portal do inverno de sua vida. Todavia, não faltam elementos de primavera. Que para sorte dos que vivem muito, podem surgir em qualquer estação.

Título da Obra: DIÁRIO DE INVERNO

Autor: PAUL AUSTER

Tadutor: PAULO HENRIQUES BRITTO

Editora: COMPANHIA DAS LETRAS

auster

Anúncios

7 comentários

  1. Oi Luis! Estou adorando acompanhar suas resenhas. Você escreve muito bem. Ainda vai me convencer a abrir algum desses livros.
    Um abraço!
    Feliz 2018

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s