O OLHAR DE MAX

Relações humanas costumam ser translúcidas. Mesmo para observadores perspicazes. A transparência é quase sempre uma ilusão. Louis Begley (Polônia, 1933) fala sobre isso deslizando elegantemente pelas imprecisões que ludibriam as aventuras interpretativas dos incautos. Seu veículo mais frequente é a elite norte-americana. O cenário é a Nova Inglaterra das primaveras exuberantes e dos outonos explícitos, que acompanham bem a sazonalidade das amizades e dos amores. Irônico, o escritor propõe que o esforço dos mais desejosos no intuito de manter boas aparências acaba por expor o que manca nas intenções nobres postas em marcha. A civilidade esgarça-se pressionada pela crueza das motivações mais intensas e autênticas, que regem as vinculações entre indivíduos. Conveniências transformam-se facilmente em seu oposto. “O Olhar de Max”, terceiro romance deste autor que escapou do Holocausto, imigrou para os EUA e começou a escrever ficção aos 57 anos, é mais uma de suas incursões nestes assuntos. Aqui, ele faz da refração descritiva um estilo fiel ao tema. Alude a Marcel Proust, que a seu modo, fez algo semelhante. Um dos protagonistas da estória tem o nome de Charles Swan, lembrando “Em Busca do Tempo Perdido”. Cáustico, este personagem abre clareiras elucidativas no emaranhado das dissimulações sociais. O que não significa que ele prescinda de tais artifícios. Só denuncia-os. Ao tratar de uma relação amorosa entre dois homens o enredo põe em evidência elementos comuns a outras formas de “contratos afetivos”. Agruras que revelam impossibilidades. Talvez inescapáveis. Classe social e orientação sexual não bastam para definir padrões de previsibilidade. Begley interessa-se pela vida das pessoas para além dessas possibilidades, desprezando estereotipias. Assim, sua ficção universaliza-se. Rompe as barreiras que se refazem em seguida, ressaltando sua grande capacidade de regeneração. A despeito das suposições em contrário.

Título da Obra: O OLHAR DE MAX

Autor: LOUIS BEGLEY

Tradutora: ANNA OLGA DE BARROS BARRETO

Editora: COMPANHIA DAS LETRAS

MAX1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s