A PINTURA DE ERNANI PAVANELI

Georges Seurat (Paris, 1859 – 1891) e Paul Signac (Paris, 1863 -1935), designados como pintores neo-impressionistas, tiveram grande importância no desenvolvimento de uma técnica denominada pontilhismo. Pontos de diferentes cores são justapostos e sobrepostos. Deste modo, criam-se imagens definidas por eles e enriquecidas pela variabilidade das combinações quase infinitas da coloração. Esta técnica foi usada por diversos artistas no mundo, mas não muitos conseguiram fazer dela uma marca de sua obra. Ernani Pavaneli (São João Nepomuceno, MG, 1942) é caracteristicamente pontilhista. Um artista da cor. Faz poesia com os coloridos, que harmonizam-se na tarefa de compor uma narrativa. Vemos enredos pictóricos. Pavaneli é um contador de estórias. Um memorialista. Sua pintura figurativa fala-nos sobre um mundo com roupagens de algum antigamente, mas nutrido com uma espécie de seiva atemporal. Seduz. Encanta. Cada ponto aplicado à tela contribui para a rememoração de partes de sua história pessoal. São resgates de peças depositadas nos cantinhos dessa história. Há o vivido, mas também o que imaginou, desejou, sonhou. O que mitificou. E, ele compartilha tudo isto. Sem reservas. Minas está ali. Nos cenários e nos personagens. Também há Rio de Janeiro e outras partes do Brasil. O conteúdo de seus trabalhos é plástico e multidimensional. Dificilmente plano. Numa primeira mirada, podemos ver elementos que compõem seu mundo privado. Depois vão aparecendo outras possibilidades. O observador encontra em cada quadro uma passagem para suas próprias viagens rumo ao interior de biografias que, tão buscadas, sempre insistem em escapar e fundirem-se em pontos remotos do mundo. Mundo que abriga lembranças de origens que acabam por revelarem-se incertas e passíveis de serem tomadas de empréstimo por muitos. Mundo maior do que qualquer soma que delas se possa fazer.

Abaixo: “Circo”, Acrílico sobre tela, 1x1m

ern me

 

Anúncios

7 comentários

  1. Ernani eh um artista talentosissimo! Suas telas me arrebatam com beleza originalidade e forca. Amo Muito o pintor e sua obra!

    Curtir

  2. Ernani sem dúvida nenhuma um artista com uma perspectiva única, nos encanta com suas obras, não canso de admirar. Simplesmente perfeito.

    Curtir

  3. Ernani deixa saudades. Difícil dizer por quais razões mais do que por outras. Uma obra admirável pelo vigor das cores, o preciosismo da técnica, a originalidade dos temas, tudo fruto da sua não menos admirável personalidade. Pinte os céus, Ernani!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s