A AMIGA GENIAL

Por mais que se pretenda uma equalização entre homens e mulheres, esta somente poderá se dar em termos da promoção da justa igualdade de condições e oportunidades para todos os gêneros, nas sociedades ao redor do mundo. De resto, tanto os polos masculino e feminino, quanto as variantes intermediárias, parecem ter características próprias, que constituem uma realidade, para além dos determinantes histórico-sociais. Aceite-se a diversidade. No bojo desta opinião, valem as discussões sobre possíveis peculiaridades dos gêneros, na busca da construção de mosaicos identitários. Neste amplo universo temático, é instigante a riqueza e mistério na dinâmica das interações entre mulheres. Excluídas as abordagens folclóricas, primárias e as preconceituosas, este, pode ser convertido em assunto de abordagem sofisticada. E é o que faz Elena Ferrante no bom livro “A Amiga Genial”, que tornou-se um “best-seller” internacional (dado que contribui para afastar dele os leitores mais exigentes, mas que, neste caso, deve ser relevado). O primeiro livro da tetralogia denominada “série napolitana”, desta autora, que usa pseudônimo, e que ainda não revelou sua verdadeira identidade ao mundo, com a interessante alegação de que o que lhe importa dizer esta  na obra e, como  autora, não há o que deseje manifestar. Texto muito bem urdido, com frases de estrutura simples e elegante, para sugerir questões complexas. A estória, que nos chega através da voz de uma das amigas da dupla, é envolvente. O cenário é um bairro pobre de Nápoles no pós Segunda Guerra Mundial. Todavia, embora aspectos históricos permeiem a trama, o fundamental são os jogos psicológicos mais íntimos, delicados, e labirínticos das personagens. Este volume trata da infância e adolescência das protagonistas. A feminilidade dá o tom na narrativa. Mesmo que um dia venhamos a saber que Elena Ferrante é um homem, e não uma mulher (o que acho difícil), só teremos mais à admirar, pois há grande competência e sensibilidade para falar usando um tipo de “lente feminina”, que observa o mundo.
Título da Obra: A AMIGA GENIAL
Autora: ELENA FERRANTE
Tradutor: MAURÍCIO SANTANA DIAS

Editora: EDITORA GLOBO – BIBLIOTECA AZUL

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s