O ROMANCE DA PEDRA DO REINO – e o príncipe do sangue do vai-e-volta

Ariano Suassuna foi e é grande, por muitas razões. Olhou para a vida com acuidade, criatividade e grande senso de humor. Coerências com sua inteligência e sensibilidade. Agigantou-se em sua humildade diante da pequenez do homem no mundo. Ao traduzir em estórias risíveis e saborosíssimas as próprias limitações e medos faz arte. Da mais genuína. O lirismo faz brilhar suas observações sobre os mais comuns eventos cotidianos. O riso sempre pronto a acometer seu leitor. “O Romance d’a Pedra do Reino”, talvez seu livro mais importante, pode render muito prazer aos que nele viajarem. Um exemplo de mirada funda, original e colorida sobre a diversidade do mundo, onde o regionalismo é quase um adereço. É único no cenário literário do Brasil. Um romance armorial, como Suassuna o anunciava. A grande aventura de viver a riqueza humana fora da materialidade mais evidente, sem deixar de estar aferrado à crespa realidade. Trama movediça, através das transformações visionárias, cheias de encantamento, daquilo que poderia ser visto somente como aridez, pobreza e violência, da vida. Mais do que reproduzir, ele é um emissor da fala, do jeito do nordestino brasileiro. Sempre com fartura de graça e sofisticação. Com a “chiqueza” de quem sabe afirmar o que é. Dignamente. Orgulhosamente. Classificar esta obra como um romance regional é enxergar pouco do que ela nos dá, pois transcende a terra que a inspirou. A seiva do humor do homem do nordeste em seu modo de experimentar o cotidiano com cabível grandiosidade, fazendo valer a grandeza dos pequenos aconteceres, traduzindo uma possibilidade universal. Seus temas são muito mais amplos do que as riquezas que florescem no homem da Paraíba ou de Pernambuco, nos cenários em que vivem, de matizes turbulentos, que cintilam melhor em areias e secas. Tratam do ser humano em sua “loucura” inescapável, maldita, bendita, e muito bem dita. Título da Obra: O ROMANCE DA PEDRA DO REINO – e o príncipe do sangue do vai-e-volta Autor: ARIANO SUASSUNA Primeira Publicação: 1971 Ficção Brasileira Editora: José Olympio Editora

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s