O SENTIDO DE UM FIM

Como são tecidas as histórias pessoais? O livro do inglês Julian Barnes “O Sentido De Um Fim” foi meticulosamente construído com foco nesta questão. Nossas memórias sobre nós mesmos e sobre os outros adquirem sentidos distintos ao longo da vida. Alguns desses sentidos transformam-se muito com as mudanças nas compreensões sobre nós mesmos e o mundo. Outras cristalizam-se e persistem como verdades irretocáveis. Isto também vale para as crenças na “fatualidade” das reminiscências. Barnes põe em cena a ideia de que memórias não são reproduções fotográficas de eventos ocorridos objetivamente. São moldadas pelos afetos, pela subjetividade. Algumas vezes, totalmente construídas sob direção deles. O trânsito das memórias pela consciência também é errático, aparecendo e desaparecendo sem que possamos entender com clareza as razões para este movimento. Eventualmente somos confrontados com provas de realidade que invalidam nossos registros, por mais que pareçam-nos fidedignos. Isto é desconcertante. A estória deste livro tem aparência muito simples, mas se lida com algum cuidado revela a complexidade dos processos de formação de significação para aquilo que nos acontece. Ou que supomos que nos acontece. Uma breve relação amorosa na juventude, os vínculos entre amigos, tragédias visíveis e invisíveis tornam-se aqui matéria básica para a ficção. Viajamos, interessados pela busca de Tony Webster, o personagem central, e o autor não nos permite gransdes distrações. Ocupa-se em impedir que percamos de vista a noção de que nossa capacidade de controle sobre aquilo que nos constitui não é passível do controle que acreditamos ou desejamos ter. Numa atitude mais honesta e corajosa de revisão do que somos e do que são são os outros torna-se obrigatória a assunção da humildade que nos cabe. E segue-se em frente.
Título da Obra: O SENTIDO DE UM FIM
Autor: JULIAN BARNES
Tradução: LÉA VIVEIROS DE CASTRO
Editora: ROCCO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s